Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

my so-called life



Segunda-feira, 13.10.08

Desabafo

certas horas, em que não precisamos de um Amor...
Não precisamos
da paixão desmedida...
Não queremos beijos na boca...
E nem corpos a encontrarem-se na maciez de uma cama...

Há certas horas, que só queremos a mão no ombro, o abraço apertado ou mesmo o estar ali, quietinho, ao lado...
Sem nada dizer...

Há certas horas, quando sentimos que estamos para chorar, que desejamos uma presença amiga, a ouvir-nos pacientemente, a brincar connosco, a fazer-nos sorrir...

Alguém que ria das nossas piadas sem graça...
Que ache as nossas tristezas as maiores do mundo...
Que nos teça elogios sem fim...
E que apesar de todas essas mentiras úteis, nos seja de uma sinceridade inquestionável...

Que nos mande calar a boca ou evite um gesto impensado...
Alguém que nos possa dizer:

Acho que estás errado, mas estou do teu lado...

Ou alguém que apenas diga:

Sou o teu amor! E estou aqui!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por StAr às 15:48


2 comentários

De Morena a 13.10.2008 às 19:16

Gostei muito do poema (=
Gosto do teu hi5.

Beijinho **

De Morena a 13.10.2008 às 19:17

* blog

Enganei-me sorry !

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2008

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031